segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Loja da VSP Papéis Especiais também abrirá aos sábados



A VSP Papéis Especiais realizou no último sábado de novembro um open house de inauguração mostrando que a loja abrirá também aos sábados. 

O estabelecimento conta com espaço interativo e descontraído voltado à criação, além de uma ampla variedade de papéis com gramaturas, cores, brilhos e texturas para todos os estilos. A unidade também ganhou um novo foco voltado para incentivar e promover artistas / artesãos que dedicam sua arte ao papel.

Pensando nisso, a VSP reservou um espaço para artes finalizadas em diversas técnicas como: Origami, Quilling, Low Poly, Paper Dress e Paper Craft. Todo sábado terá um artista diferente que irá demonstrar e promover sua arte na loja. Seguindo essa diretriz artística, a VSP também lançou neste sábado a pronta entrega, a nova linha VSP Boutique – produtos finalizados feitos com papéis especiais por diversos artistas, artesãos e empresas parceiras.

A linha VSP Boutique é composta pelas tradicionais cadernetas, cadernos com capa dura e recortes especiais, ambos com acabamentos em costura ou espiral e elástico, blocos de anotações com frases criativas, caixas revestidas, chaveiros, carteiras personalizadas até luminárias. Tudo isso feito artesanalmente com papéis especiais. O evento contou com a parceria da Fedrigoni Brasil Papéis e do Ateliê Luiz Masse que levou seus artesãos para fazer demonstrações em tempo real. Para fechar com chave de ouro, o apresentador da TV Aparecida, Rogério Chiaravalli, fez uma transmissão ao vivo das novidades da loja. 


Epson e Avery Dennison realizam premiação do "Impressione América Latina" e lançam campanha em prol da Casa do Zezinho



A Epson em parceria com a Avery Dennison realizou no dia 27 de novembro, no Maksoud Plaza Hotel, em São Paulo (SP), a cerimônia de premiação do "Impressione América Latina" - projeto realizado em dez países da região e que difunde, por meio da exposição de obras impressas em grande formato em locais de destaque, o debate sobre questões sociais.


O evento contou com a presença de executivos da empresa, de Bianca Kemple, artista gráfica vencedora do concurso no Brasil, e Tia Dag, fundadora da Casa do Zezinho, Organização Não Governamental beneficiada pelo projeto. Além de executivos da Wacom, parceira no desenvolvimento da ação, que também compareceram.

"É uma honra realizar o Impressione. Este projeto não tem nada a ver com o aspecto comercial, e sim mostrar como esse tipo de produto pode causar impacto quando utilizado com criatividade. E a temática escolhida, em prol da Casa do Zezinho, proporciona este impacto", afirmou Eduardo Valentin Gonçalves, head de marketing da Epson do Brasil

Para Isabela Monteiro Galli, diretora de marketing e vendas da Avery Dennison América Latina, participar deste projeto é extremamente gratificante e emocionante. "Fazer parte de uma intervenção artística inspirada em causas sociais, ao redor da América Latina, nos fez refletir e reafirmar nossos valores como empresa", comenta Isabela.


Para a elaboração do Impressione América Latina, a Epson e a Avery Dennison realizaram um concurso e selecionaram a obra da artista gráfica Bianca Klempe, de 20 anos, para ilustrar a causa defendida no Brasil. Com o tema "enquanto você espera só um pouquinho, já tem gente esperando por muito tempo", a criação impressa em grande formato ficará exposta de 21 de novembro a 20 de dezembro, na Linha 4-Amarela do metrô de São Paulo, em duas portas da plataforma de embarque da Estação Pinheiros e no corredor de acesso à Estação Paulista. Além disso, a ação resultou em uma doação em dinheiro para a Casa do Zezinho, organização sem fins lucrativos localizada no Parque Maria Helena, bairro da Zona Sul paulistana.

"Eu escolhi a temática da Casa do Zezinho pelo fato de a instituição querer realizar o sonho de crianças que não tem oportunidade. Toda criança precisa de apoio para alcançar seus sonhos. E esse apoio é buscado por elas na Casa do Zezinho. Eu realmente fiquei sensibilizada com esta história e queria fazer parte", explicou Bianca Klempe, que foi premiada com uma mesa digitalizadora da Wacom. "Eu adorei a obra. Retrata as crianças e jovens invisíveis do mundo. Deu para notar a sensibilidade da Bianca no desenvolvimento ", exaltou Tia Dag.

Criada em 1994, a Casa do Zezinho recebe jovens entre 6 e 21 anos que frequentam a rede pública de ensino. A partir dos quatro pilares da Pedagogia do Arco Íris, criada pela psicopedagoga Tia Dag, a ONG investe em programação socioeducativa que compreende artes, ciências, filosofia e espiritualidade. O local trabalha com esportes (futsal, capoeira, kung fu e jiu-jitsu), gastronomia, mosaico, teatro, dança, canto e oficina de sustentabilidade e meio ambiente.

"Participar do Impressione é mais uma oportunidade de divulgar o trabalho que desenvolvemos com crianças, jovens e adolescentes. É sensacional como um ato gera uma uma série de impactos de divulgação de nosso trabalho. Se mais empresas tiverem a sensibilidade de promover suas campanhas, produtos e serviços a partir da aliança com projetos sociais, mais pessoas terão acesso a este tema e a oportunidade de colaborar para a construção de uma sociedade mais justa", completou Tia Dag.

Além do Brasil, outros nove países participam do "Impressione América Latina": Chile, Argentina, Colômbia, Costa Rica, Equador, Guatemala, México, Peru e República Dominicana. O primeiro local a contar com a exposição de uma obra foi a fachada principal do Museu Gabriela Mistral, em Santiago (Chile). No país, a causa defendida foi o combate ao câncer de mama, assim como na Argentina, onde uma obra foi exibida no Museu de Arquitetura e Design de Buenos Aires.


Os painéis criados por Bianca Klempe foram impressos em substrato Avery Dennison, a marca utilizou o adesivo com textura Canvas, que lembra uma tela de pintura, deixando a impressão ainda mais viva. Este wall film ainda possui excelente durabilidade, pode ser usado em diversas superfícies e é compatível com tintas solventes, látex e UV. A arte foi impressa no equipamento Epson SureColor S60600. "Os equipamentos dessa linha ainda incluem a tinta solvente GS3 UltraChrome, que oferece alta qualidade de impressão, durabilidade e menor tempo de secagem, aumentando a produtividade das gráficas", encerrou Evelin Wanke, gerente de vendas da Epson do Brasil.

Embalagem no e-commerce pode definir próxima compra - Por Fábio Mestriner*


Na empolgação pelo recebimento de um produto comprado on-line, existe um elemento que tem grande impacto na experiência de compra. É a embalagem, presente em cerca de 80% dos produtos vendidos, e sua participação na satisfação do consumidor ocorre de diferentes maneiras.

Se o produto é comprado numa loja física e exposto lado a lado com seus concorrentes, a participação da embalagem tem caráter decisivo, pois a embalagem é um item de grande relevância no processo de escolha num autosserviço.

Mas, se o produto é vendido pela internet e remetido para a casa do consumidor, o papel da embalagem muda. É a embalagem que irá dar o tom no momento do recebimento, promovendo o primeiro contato e iniciando a experiência física do consumidor com o produto.

Nesse momento, a embalagem não pode decepcionar. Sua missão é promover um final feliz para o processo de escolha, pois, quando não sai com o produto em mãos no momento da compra, o consumidor vive um período de expectativa que torna ainda mais importante e crítico o momento do recebimento.

É uma pena quando a embalagem de e-commerce decepciona no momento da entrega. Sua precariedade pode contrastar dramaticamente com o colorido glamuroso dos sites de compra.

Embalagens danificadas, amarrotadas, sem forma definida, entregues em sacos pretos e caixas genéricas, ou feitas com matéria-prima de baixa qualidade são muito comuns.

A maioria das empresas de vendas on-line ainda não se deu conta da importância preciosa do momento de contato com o consumidor por meio da embalagem, quando o produto é adquirido na internet.

É uma chance única que não pode ser desperdiçada com embalagens decepcionantes, e mais: esse é o momento propício para iniciar o processo da próxima venda.

É impressionante como elas nem se lembram que podem incluir na embalagem de entrega uma lâmina impressa com promoções, descontos, sugestões e construção de marca, uma vez que na internet a empresa aparece ao lado de milhares de outras que disputam a atenção do consumidor. Dentro da casa dele, naquele momento, sua embalagem estará sozinha e terá toda a atenção da pessoa que a recebeu e irá manuseá-la.

Portanto, como muito bem definiu Steve Jobs: “o ato de desembalar um produto é parte fundamental da experiência do consumidor”. Por isso as embalagens da Apple são tão bem projetadas e permanecem na casa do consumidor, que, na grande maioria das vezes, não tem coragem de descartá-las.

*Consultor da Ibema Papelcartão. Designer, professor do curso de pós-graduação em Engenharia de Embalagem do IMT Mauá e autor dos livros Design de Embalagem – Curso Avançado, Gestão Estratégica de Embalagem e Inovação na Embalagem – Método Prático.

Ahlstrom-Munksjö Brasil cria papel especial para a indústria farmacêutica


Com o objetivo de oferecer ao setor farmacêutico uma linha de papéis especiais de baixa gramatura, a Ahlstrom-Munksjö ampliou no Brasil sua família de papéis especiais para impressão de bulas de remédio. De acordo com a fabricante, o novo papel desta linha de produtos, chamado PrintClassic Thin Paper 45g/m2, tem como principal característica o não desprendimento de pó durante o processo de impressão e também durante o envase de medicamentos.

Com gramaturas que variam entre 45g/m², 50g/m² e 56g/m², os papéis especiais, diz a fabricante, favorecem a produtividade das gráficas e da indústria farmacêutica. Luciano Neves, diretor de Vendas e Marketing para a América Latina da Ahlstrom-Munksjö, explica que a solução foi desenvolvida após a empresa avaliar as dificuldades enfrentadas pelas gráficas e laboratórios farmacêuticos para encontrar um fornecedor local capaz de oferecer uma linha de papéis que proporcionasse ganhos de produtividade e melhores resultados sob o aspecto ambiental. “E que atendesse as especificações técnicas necessárias para impressão de bulas de remédio, tais como resistência mecânica, baixíssimo desprendimento de pó, baixa gramatura, controle de espessura e excelente impressão em ambos os lados. A proximidade com o dia-a-dia de nossos clientes nos permite conhecer suas necessidades, mapear problemas e até identificar oportunidades de melhorar processos, evitar gargalos e propor soluções que os auxiliem em seus objetivos de negócio”, afirma Neves.

Os novos papéis já estão sendo produzidos pela fábrica da Ahlstrom-Munksjö, localizada em Jacareí (SP), que tem hoje uma capacidade instalada de aproximadamente 105 mil toneladas anuais de papel, dos quais cerca de 55% são papéis não revestidos e os 45% restantes são de papéis revestidos L1.

Prêmio Werner Klatt é remodelado e debate realidade aumentada no setor gráfico



Quinze anos após sua criação, o Prêmio Werner Klatt é remodelado. Com a missão de eleger as melhores empresas gráficas do estado do Rio de Janeiro, o prêmio passa a ser bienal, ocorrendo nos anos ímpares. Nos pares, serão realizadas palestras relevantes para essa indústria.

Em 30 de novembro foi celebrado os 15 anos do prêmio com a palestra de Marcelo Rodiño, diretor de Criação da Flex Interativa, que falou sobre sua experiência com realidade aumentada para o setor. Na ocasião, foi lançado o Regulamento 2019. “Temos muito orgulho em apoiar essa iniciativa, que estimula uma competição saudável e uma corrida para a inovação”, pontuou Ricardo Maia, vice-presidente da Firjan.

Rodiño é especialista em experiência digital através da realidade aumentada, virtual e mista. Ele participou, junto com seu sócio, Fernando Godoy, da segunda temporada do programa Shark Tank Brasil, recebendo propostas de quatro investidores, o que possibilitou o processo de internacionalização da Flex Interativa.

“Essas tecnologias estão revolucionando a nossa forma de comunicar, interagir, consumir, aprender e entreter. Ou seja, estão surgindo novas formas de fazer negócios”, contou.
De acordo com ele, é possível unir peças impressas gráficas à tecnologia de realidade aumentada (universo virtual dentro do mundo real), criando experiências únicas para o usuário. Alguns exemplos citados por ele são jogos infantis, rótulos de cervejas e até mesmo eventos em shoppings. “Fizemos rótulos interativos na Cerveja Leuven. Ao usar o aplicativo de realidade aumentada instalado no celular, o consumidor verá os personagens se mexendo em torno da bebida”, exemplificou Rodiño. “As possibilidades são muitas”.

O prêmio foi criado, em memória ao gráfico carioca Werner Klatt, pelo presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas do Município do Rio de Janeiro (Sigraf), Carlos Di Giorgio, em parceria com a Firjan SENAI. A competição tem o propósito de destacar as melhores empresas do ramo, ancorada em valores éticos e em pilares técnicos e tecnológicos que sustentam o setor.

“O prêmio é uma iniciativa do Sigraf para todas as indústrias gráficas fluminenses. É uma ação que vem há anos fortalecendo nosso setor, estimulando a cadeia produtiva e a inovação”, disse Di Giorgio.

Durante a comemoração de 15 anos do Werner Klatt, foi lançado o Regulamento da competição para 2019. Poderão participar do 16º Prêmio de Excelência Gráfica, as empresas do ramo, gráficas e editoras – que produzam materiais impressos – e estudantes comprovadamente matriculados em instituições de nível técnico ou superior relacionadas ao segmento. As peças devem ser produzidas por meio dos processos de impressão offset, digital, serigrafia ou impressos híbridos. Caso contrário, serão desclassificadas.
Carla Geraldo, especialista da Firjan SENAI, explica que os grupos foram reduzidos para seis (de A a F), com 46 categorias. “Um dos pontos de destaque é o Grupo A, na parte de Inovação. É necessário ter em mente que essa inovação pode ser um produto, um recurso aplicado ou um processo de produção. Porém, isso deve ser percebido pelo mercado e não deve ter sido usado anteriormente”, explica.

As empresas poderão inscrever seus produtos em quantas categorias desejarem. Já os estudantes devem inscrever-se apenas na Categoria Estudantil (Categoria A.1.2). As datas para inscrições do prêmio serão divulgadas e a íntegra do Regulamento 2019 estará disponível em breve.

Confira os grupos e suas categorias:
GRUPO A – ESPECIAL
SEGMENTO 1 – TRANSVERSAL
Categoria A.1.1 – Inovação e tecnologia
Categoria A.1.2 – Estudantil

GRUPO B – PRODUTOS PRÓPRIOS
SEGMENTO 1 – IMPRESSOS EM GERAL
Categoria B.1.1 – Cartões de visita e papelarias
Categoria B.1.2 – Impressos promocionais em geral
Categoria B.1.3 – Kits promocionais

GRUPO C - SERIGRAFIA
SEGMENTO 1 – IMPRESSÃO SERIGRÁFICA
Categoria C.1.1 –  Impressos em geral

GRUPO D – IMPRESSÃO HÍBRIDA
SEGMENTO 1 – EMBALAGENS
Categoria D.1.1 – Embalagens em geral
SEGMENTO 2 – PROMOCIONAL
Categoria D.2.1 – Promocionais em geral

GRUPO E – DIGITAL
SEGMENTO 1 – COMERCIAL
Categoria E.1.1 – Convites e cartões de mensagem
Categoria E.1.2 – Cartões de visita
Categoria E.1.3 – Cardápios
SEGMENTO 2 – PROMOCIONAL
Categoria E.2.1 – Catálogos
Categoria E.2.2 – Folhetos e folders publicitários
Categoria E.2.3 – Brindes
Categoria E.2.4 – Displays, móbiles, banners e comunicação visual
SEGMENTO 3 – EMBALAGENS
Categoria E.3.1 – Embalagens em geral
Categoria E.3.2 – Rótulos, etiquetas e tags
SEGMENTO 4 – REVISTAS
Categoria E.4.1 – Revistas em geral
SEGMENTO 5 – LIVROS
Categoria E.5.1 – Livros de texto
Categoria E.5.2 – Livros ilustrados

GRUPO F – OFFSET
SEGMENTO 1 – COMERCIAL
Categoria F.1.1 – Convites e cartões de mensagem
Categoria F.1.2 – Cartões de visita
Categoria F.1.3 – Impressos de segurança
Categoria F.1.4 – Papelaria
Categoria F.1.5 – Agendas
Categoria F.1.6 – Cardápios

SEGMENTO 2 - PROMOCIONAL
Categoria F.2.1 – Posters, banners e cartazes
Categoria F.2.2 – Catálogos
Categoria F.2.3 – Folhetos e folders publicitários
Categoria F.2.4 – Kits promocionais
Categoria F.2.5 – Displays, móbiles e materiais de ponto de venda
Categoria F.2.6 – Brindes
Categoria F.2.7 – Cadernos

SEGMENTO 3 – EMBALAGENS
Categoria F.3.1 – Embalagens semirrígidas - SEM efeitos gráficos
Categoria F.3.2 – Embalagens semirrígidas - COM efeitos gráficos
Categoria F.3.3 – Sacolas
Categoria F.3.4 – Rótulos, etiquetas e tags

SEGMENTO 4 – JORNAIS
Categoria F.4.1 –Jornais diários (impressos em coldset)
Categoria F.4.2 – Jornais de circulação não diária
SEGMENTO 5 – REVISTAS
Categoria F.5.1 – Revistas em geral

SEGMENTO 6 - LIVROS
Categoria F.6.1 – Livros de texto
Categoria F.6.2 – Livros culturais e de arte
Categoria F.6.3 – Livros infantis/juvenis
Categoria F.6.4 – Livros técnicos e institucionais
Categoria F.6.5 – Livros didáticos
Categoria F.6.6 – Guias, manuais e anuários

Marcelo Bacci, da Suzano Papel e Celulose, é eleito CFO do Ano pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo



Marcelo Bacci, Diretor Executivo de Finanças da Suzano Papel e Celulose, foi eleito CFO do Ano pelo Instituto Brasileiro de Executivos de Finanças de São Paulo (IBEF-SP). A homenagem, conhecida como Prêmio O Equilibrista, reconhece o diretor financeiro de maior destaque no País e será entregue no próximo dia 11 de dezembro, na capital paulista.

Bacci agradeceu aos associados do IBEF-SP pelos votos recebidos em um ano tão especial em sua carreira e na história da Suzano. “É uma honra receber essa homenagem do IBEF-SP, e é ainda mais especial que essa indicação tenha acontecido neste momento. Este foi um ano único na história da Suzano e por isso considero o prêmio um reconhecimento ao trabalho de toda a equipe. Um grupo muito competente, engajado e disposto a construir um novo futuro para o Brasil”, afirmou o executivo.

A Suzano anunciou em março de 2018 a formalização de um acordo para unir as operações e bases acionárias com a Fibria, unindo assim duas empresas do setor de papel e celulose. Além de estar envolvido nas negociações que resultaram no acordo para a união entre Suzano e Fibria, que acontecerá oficialmente em 14 de janeiro de 2019, Bacci também liderou a equipe responsável pela estrutura de financiamento que viabilizou a operação.

O executivo ingressou na Suzano Papel e Celulose em 2014 e desde então esteve envolvido em outros momentos importantes para a história da Suzano. Foi o caso, por exemplo, da aquisição pela Suzano da Facepa, empresa de papéis sanitários da região Norte do Brasil, e da migração da Suzano para o Novo Mercado.

Esse histórico credenciou Bacci a ser indicado entre os finalistas do O Equilibrista em outras duas oportunidades, antes de ser premiado neste ano. Além dele, Bernardo Szpigel, em 2003, e Adhemar Magon, em 1986, também receberam o Prêmio O Equilibrista enquanto estavam à frente da diretoria Financeira da Suzano.

Coca-Cola agrega realidade aumentada nas embalagens de Natal


O aplicativo Natal Coca-Cola – disponível para sistemas Android e IOS – dá acesso a um conteúdo exclusivo, em realidade aumentada, estrelado pelo famoso urso polar e sua família.

Basta a pessoa escanear as embalagens temáticas de Coca-Cola e Coca-Cola Sem Açúcar para ver quatro histórias com os personagens, no ano em que o urso completa 25 anos e volta a ser protagonista do Natal da marca.

Cada embalagem de 310ml, 350ml, 2L e 3L traz um episódio diferente, todos com áudio, com os títulos Se não consegue, peça ajuda; Quando um fala, o outro escuta; Caravanas de Natal; e Na ceia, todos participam. Por meio do app, as embalagens – latas e PETs – são projetadas em ambiente real e uma “porta” se abre, levando ao universo dos personagens e suas divertidas aventuras. “Com as pessoas cada vez mais conectadas, vimos a oportunidade de trazer essa interação para nossas embalagens, adicionando tecnologia à magia do Natal”, afirma Beatriz Bottesi, diretora de comunicação e marketing da Coca-Cola Brasil.