terça-feira, 2 de outubro de 2018

Clientes latinos contam com tradução simultânea na edição de 2019 do EFI Connect


A cada nova edição, o EFI Connect busca inovar em sua programação de palestras e sessões educacionais, que debatem as principais tendências de mercado e reúnem ministradores renomados na indústria de impressão.

Todo esse rico conteúdo, na próxima edição comemorativa de 20 anos do evento, que será realizada de 22 a 25 de janeiro de 2019, ficará ainda mais acessível aos participantes latino-americanos, com a tradução simultânea nos idiomas espanhol e português. O Connect 2019 será realizado no hotel Wynn, em Las Vegas

“A presença dos profissionais latinos vem aumentado continuamente e essa é uma oportunidade única de interação entre nossos clientes e o time mundial de executivos da EFI. É também um momento em que os participantes podem conferir as demonstrações de todas as nossas linhas de equipamentos e softwares, para diferentes segmentos como o mercado de corrugados, têxtil, cerâmica, embalagens e grandes formatos”, completou Ernande Ramos, diretor de vendas para América Latina da EFI.

Para fazer o seu registro, o participante deverá entrar no site da EFI em http://www.efi.com/connect/registration/

Konica Minolta lança impressora monocromática


A Konica Minolta apresenta a série AccurioPRESS 6136P. Desenvolvida para processos de impressão que demandam alta produtividade e qualidade em produção P&B, a nova linha vem com velocidade de 136 páginas A4/minuto (78 páginas/minuto  em formato A3), resolução de 1200x1200 dpi e suporte a uma ampla  variedade de gramaturas de papel, que vão de mídias mais finas (40 g/m2)  até mais espessas (350 g/m2).


Um dos recursos de destaque está na impressão duplex automática para papéis de até 300 g/m2. De acordo com a Konica Minolta, o lançamentos tem capacidade para reproduzir até 256 tons de cinza, o que possibilita imprimir imagens monocromáticas com transições mais suaves entre áreas  de brilho e sombras (meios-tons), otimizando ainda a reprodução de  textos e oferecendo a impressão de pretos mais sólidos.

“A AccurioPRESS 6136P chega ao Brasil para entregar mais desempenho e novos recursos de aprimoramento de qualidade a empresas com alta demanda de impressos monocromáticos”, frisa Ronaldo Arakaki, Diretor & COO da Konica Minolta Business Solutions do Brasil.

“Esse novo equipamento traz vários aperfeiçoamentos que atendem às demandas atuais de editoras, gráficas rápidas, empresas de Web to Print e outros segmentos de negócios que precisam de sofisticação, alta qualidade e flexibilidade para produção P&B”, completa Arakaki.

Arakaki também destaca que o foco da nova linha AccurioPRESS 6136P é o de auxiliar os clientes a expandirem suas aplicações através de recursos oferecidos pelo equipamento. 

“Por meio da impressão de meios tons e áreas chapadas com mais qualidade, de textos com melhor definição, recursos para ajuste preciso de registro e de posicionamento para impressão frente e verso, e da possibilidade de se trabalhar com mídias em diferentes gramaturas, certamente poderemos agregar um grande diferencial competitivo para nossos clientes”, ressalta.

Canon apoia exposição do Projeto Respira – SP


                                                  Crédito: Gustavo Jardim

Do dia 06 ao dia 28 de outubro, será realizada a exposição do projeto Respira – SP 2018 com imagens de 60 fotógrafos que clicaram pontos simbólicos tanto da Avenida Paulista como do Conjunto Nacional, que completa 60 anos. A exposição acontecerá nas próprias galerias do Conjunto Nacional.

O evento possibilitará aos visitantes, mais de 35 mil pessoas que passam pelo local, que conheçam mais sobre a história do Conjunto Nacional, da Avenida Paulista e dos 20 anos do Espaço Cultural.

A Canon do Brasil é um dos patrocinadores do evento e foi a empresa responsável por imprimir as imagens que ficarão expostas. A imagePROGRAF PRO-2000 imprimiu as fotos do evento juntamente com o papel Canson Photo Everyday Gloss.

"Entendemos que o Conjunto Nacional, assim como a Avenida Paulista são símbolos da cidade e por isso é importante realizamos e apoiarmos ações que façam as pessoas refletirem sobre esses importantes símbolos paulistanos. O Respira busca fazer essa homenagem este ano e nós da Canon não poderíamos deixar de apoiar essa iniciativa tão relevante", afirma a supervisora de Marketing da Canon do Brasil, Grace Kelly.

Neste ano, foram convidados 60 fotógrafos, que tiveram total liberdade para fotografar pontos simbólicos da Avenida Paulista bem como pessoas que convivem com a avenida, além do próprio Conjunto Nacional. Depois, eles participaram de encontros, sendo o primeiro no Cine Arte, no piso térreo do Conjunto Nacional e uma saída fotográfica pela Avenida Paulista com o acompanhamento de um historiador, para que se conhecem melhor.



quinta-feira, 20 de setembro de 2018

Em sua sede, Congraf expõe a primeira Speedmaster XL106 sete cores UV da América Latina

Clientes da Heidelberg conhecem a impressora que foi adquirida pela Congraf 


Em parceria com a Heidelberg, a Congraf abriu as portas do seu parque gráfico para mostrar a até então inédita Speedmaster XL 106 sete cores UV. Mais de 20 clientes da fabricante alemã tiveram a oportunidade de conhecer a impressora que é considerada o primeiro modelo em atividade na América Latina.

Instalada em junho de 2018, a impressora está sendo utilizada pela Congraf para imprimir rótulos em papel e embalagens em papelcartão.

“Minha experiência no mercado gráfico facilita identificar que determinado equipamento será útil para a Congraf. Ressalto também a capacidade de inovação da Heidelberg. Em conjunto, esses fatos, motivaram o investimento na nova Speedmaster XL 106 7 cores UV. É uma impressora com tecnologia que impressiona”, destaca Sidney Anversa Victor, diretor da Congraf. 

Saindo da teoria e partindo para a prática, a Congraf fez questão de colocar a impressora em ação. Agilidade, tempo de acerto e capacidade de trabalhar com diferentes substratos ficaram evidentes. Surpreendeu a velocidade de 18 mil folhas por hora em sinergia absoluta com a aplicação de tintas e verniz UV em diversos substratos.

Não foi a toa que a máquina chamou a atenção de Hélio Bonomo, gerente comercial da Rainha Lescal (RJ). “Percebemos o desempenho produtivo e as inovações que a nova Speedmaster XL 106 sete cores UV proporciona. Com ela, é possível enfrentar os desafios que o segmento de embalagem em papelcartão impõe diariamente.”

Na visão de Altanoir de Oliveira, diretor da Pigma (SP), a versatilidade do equipamento foi o ponto alto: “Realmente é muito versátil, há várias inovações que não estão presentes em outros modelos do mercado. É muito avançada tecnologicamente.”   
Felipe Salles, gerente de marketing e planejamento estratégico da Macron Indústria Gráfica (SP) teve uma ótima impressão: “O grupo seleto de clientes tornou a demonstração focada e produtiva. Eficiente e com tecnologia de ponta, a impressora tem muito a oferecer aos clientes de embalagem principalmente.”

Como um anfitrião de primeira, Sidney fez questão de agradecer a visita. “Foi extremamente interessante receber gráficos do Brasil e amigos que fiz no mercado de embalagens. Realmente é uma impressora de última geração da Heidelberg e a Congraf foi pioneira na aquisição. Trocamos experiências e aproveitamos para conversar sobre esse início da Indústria 4.0. Sem dúvida foi um evento que compartilhou um pouco mais sobre ganho de produtividade, qualidade e a importância da agilidade na indústria atual", destaca o diretor da Congraf.

Renata Nardi Fuljahn é a nova Gerente de Marketing da Bemis



A empresa acaba de contratar Renata Nardi Fuljahn como Gerente de Marketing.  Especialista em gerenciamento de produtos e serviços. Renata será responsável pelas categorias de Fresh & Frozen, que inclui, entre outros, os mercados de margarinas, iogurtes, laticínios e sorvetes, para, assim, revigorá-los, com novas experiência para o consumidor com as soluções e as inovações em embalagens da Bemis. 

Renata é graduada em Marketing pela ESPM, com ênfase em gerenciamento de produtos e serviços. Desenvolveu sua carreira em grandes empresas como Johnson & Johnson, Whirlpool Corporation e Hypera Pharma (antiga Hypermarcas), onde atuava desde 2013 gerenciando diversas categorias de produtos e marcas de consumo.

Suzano Papel e Celulose Inaugura Estrutura Comercial e Logística no Rio De Janeiro


A Suzano Papel e Celulose inaugurou seu novo Centro de Distribuição no estado do Rio de Janeiro. A estrutura está localizada no Condomínio Logístico Prologis, em Duque de Caxias, e substitui a unidade anterior, que operava em Bonsucesso.

O novo Centro de Distribuição Local (CDL) proporcionará melhoria no nível de serviço prestado a partir da adoção de um sistema de logística mais rápido e eficiente, com maiores estoques dos produtos da Suzano e de terceiros e uma localização mais estratégica para atender os clientes.

Esse projeto faz parte do Programa Suzano Mais que consiste, entre outros aspectos, no investimento em centros de distribuição locais.

A rede de abastecimento do Suzano Mais é composta por 20 centros de distribuição, incluindo a unidade fluminense. São ao todo 16 CDLs e quatro Centros de Distribuição Regional (CDRs), unidades equipadas com máquinas próprias que proporcionam maior flexibilidade de oferta de papéis sob demanda aos clientes, além de distribuição direta a partir das 4 unidades produtoras de papel e papelcartão da empresa.

quarta-feira, 5 de setembro de 2018

Prazo para adesão ao eSocial encerra em janeiro e muitas empresas ainda não aderiram ao programa


As empresas que não aderirem ou enviarem informações erradas podem ser multadas em até 42 mil reais

Até o momento, cerca de um milhão de empresas aderiram ao eSocial, plataforma criada com o objetivo de centralizar numa única base de dados as informações trabalhistas.

O prazo final para adesão total das empresas é janeiro do ano que vem e a expectativa é de que os dados de cerca de 4 milhões de empresas estejam no programa.

Com o eSocial, a Previdência Social, o Ministério do Trabalho, a Receita Federal e a Caixa Econômica terão a mesma base de dados.

Dessa forma, o governo conseguirá cruzar os dados e confirmar se todas as informações trabalhistas, previdenciárias e sindicais estão corretas, e principalmente se as obrigações estão sendo cumpridas à risca.

A implantação do eSocial para as empresas aconteceu por fases. As grandes empresas cujo faturamento em 2016 ficou acima de R$ 78 mi tiveram que aderir ao sistema no início de 2018.

As demais, incluindo Simples, MEI e pessoas físicas, com empregados estão na fase de adesão. O prazo final para o envio das informações de eventos relativos à Segurança e Saúde do trabalhador para todas as empresas é janeiro de 2019.

Apesar de ser obrigatório, muitas empresas vêm encontrando dificuldades no preenchimento e envio das dados, principalmente as pequenas e médias, que são aquelas que não têm um departamento de Recursos Humanos estabelecido. Ainda existem aquelas que desconhecem totalmente a obrigatoriedade de aderir ao programa.

Com o sistema, espera-se que a fiscalização em relação ao cumprimento das obrigações trabalhistas seja mais rápida e efetiva, além de serem aprimorados os processos e a gestão de pessoas nas empresas.

Para Edilaine Carvalho, gerente do Grupo Soulan – empresa especializada em serviços para a área de recursos humanos -, outro grande benefício do sistema é que ele dará mais autonomia aos funcionários no que se refere aos seus direitos.

Com o eSocial os trabalhadores podem acessar a qualquer hora seus dados e ver se a empresa está recolhendo corretamente as obrigações. “Muitos trabalhadores só ficam sabendo que a empresa deixou de recolher o FGTS, por exemplo, no momento da demissão. Isso causa diversos transtornos como a demora para receber seus direitos e até dar entrada no Seguro Desemprego.”, reforça a especialista.

Além do aspecto positivo para os trabalhadores, as empresas também vão entrar numa nova era tecnológica ganhando mais produtividade já que eram obrigadas a enviar dados de 15 obrigações trabalhistas (Guia de Recolhimento do Fundo de Garantia e de Informações à Previdência Social, Relação Anual de Informações Sociais, Cadastro Geral de Empregados e Desempregados e Declaração do Imposto sobre a Renda Retido na Fonte), passando então a fazer tudo em única transmissão.

Sunnyvale anuncia entrada no mercado de impressão digital para rótulos


Há 40 anos no mercado brasileiro, a Sunnyvale já é distribuidora da Domino Printing Sciences para as linhas de Codificação e Marcação desde 1988. A partir do 2º semestre de 2018, as duas empresas firmaram nova parceria, agora para fornecimento de soluções para impressão digital na indústria gráfica de banda estreita.

“Acompanhamos o desenvolvimento da divisão de impressão digital dentro da Domino e acreditamos que este seja o futuro, despertando nosso interesse em sermos também o distribuidor da Domino Digital Printing no Brasil. Estamos confiantes que será uma parceria de sucesso. Teremos as primeiras unidades instaladas ainda este ano, para tanto investimos em treinamento do nosso corpo técnico no exterior, bem como estoque de peças e consumíveis. Além disso, estamos expandindo nossa equipe para termos uma estrutura dedicada ao atendimento técnico e comercial para impressão digital”, comenta Claudia Nishikawa, diretora Geral da Sunnyvale.

Peter Lewald, Key Account Director da Domino Digital Printing esteve no Brasil no início de agosto para formalizar a nomeação da Sunnyvale como distribuidor exclusivo. “Os convertedores de rótulos precisam atender a necessidade atual de produzir uma maior variedade de designs de rótulos para serem fornecidos em lotes e prazos menores aos clientes. Com as impressoras analógicas, será difícil seguir essa tendência devido ao longo tempo de setup, elevado custo de clichés e alto volume de perdas, que são um grande desafio para os convertedores de rótulos”, disse Lewald.

A principal solução da Domino Digital Printing é a N610i - impressora digital a jato de tinta UV colorida, que pode ser configurada com 4, 5, 6 ou 7 cores, incluindo a cor branca de altíssimo contraste, permitindo a impressão com textura. “A N610i conta com um exclusivo sistema chamado I-Tech CleanCap que realiza automaticamente a limpeza e selagem de todos os cabeçotes após utilização, minimizando a necessidade de intervenção manual do operador”, explica João Fortes, Gerente de Produto da Sunnyvale.

Além da N610i, comercializada exclusivamente pela Sunnyvale em versão Stand-Alone (rolo a rolo), há também versões in line com acabamento e híbridas que serão fornecidas por parceiros do segmento gráfico.

Henkel patrocina o Congresso Brasileiro de Embalagem


A Henkel será uma das principais patrocinadoras da 18ª edição do Congresso Brasileiro de Embalagem. O evento será realizado nos dias 11 e 12 de setembro no Centro Fecomercio de Eventos, em São Paulo. Em seu estande, os profissionais da empresa falam sobre segurança alimentar de embalagem e mostram soluções inovadoras direcionadas ao setor.

Durante o congresso, a Henkel disponibilizará em seu espaço embalagens transparentes, que ao serem escaneadas iniciam na tela do celular/ipad um vídeo explicando o conceito de segurança alimentar de embalagem e sua importância.

Realizado pela Associação Brasileira de Embalagem (ABRE), o Congresso Brasileiro de Embalagem, que é organizado a cada dois anos, recebe profissionais do segmento e de indústrias correlatas, e oferece palestras com profissionais nacionais e internacionais de renome. 

O evento tem como objetivo integrar pessoas e nortear o futuro da indústria, prospectando as tendências e apresentando as novidades que contemplem todos os elos da cadeia produtiva e usuária de embalagem. 

Mais informações: www.congressoabre.org.br.

Evonik desenvolve material plástico flexível para impressão 3D


De acordo com a empresa, as peças impressas em 3D, feitas a partir do novo pó PEBA, apresentam alto grau de flexibilidade, excelente resistência a produtos químicos e edurabilidade em uma faixa de temperaturas de -40°C a 90°C. O pó também é idealmente adequado para a fabricação de peças plásticas funcionais 3D de alta tecnologia – para protótipos e produtos em série. “Os materiais poliméricos flexíveis expandem de modo considerável as opções de fabricação de aditivos porque permitem realizar aplicações novas e exigentes em mercados atraentes”, diz Fabian Stoever, gerente de produtos sênior para polímeros na empresa alemã EOS.

“Além disso, a variedade de materiais não só nos permite produzir componentes funcionais individuais de alta tecnologia, como também desenvolver conceitos 3D muito mais sofisticados que fazem uso da faixa completa de materiais’, completa Stoever. 

O novo material de PEBA da Evonik é adequado para uma variedade de tecnologias 3D em pó, como, por exemplo, sinterização por laser (LS), sinterização de alta velocidade (HSS) ou jato de resina (binder jetting). 

O pó sintético flexível foi otimizado para uso em sistemas de sinterização por laser da EOS como parte de uma ampla cooperação de desenvolvimento entre a empresa de especialidades químicas e o maior provedor de tecnologia para impressão 3D industrial de metais e polímeros. O produto foi incluído com sucesso nos portfólios de materiais de múltiplos provedores de serviços. A EOS comercializa o material em pó com o nome de "PrimePart ST".

“Produtos novos inovadores que são desenvolvidos em projetos sob medida em estreita cooperação com os nossos clientes constituem um pilar importante em nosso crescimento orgânico”, observa Thomas Große-Puppendahl, responsável pela linha de produtos Engineered Products na Evonik. 

O desenvolvimento de um pó flexível de alta performance expande o atual portfólio de materiais sintéticos para impressão 3D da Evonik. A empresa de especialidades químicas é líder mundial na produção de pós de poliamida 12 (PA 12), usados na impressão 3D já faz mais de 20 anos. A Evonik produz os materiais em pó em seu maior site global, o Parque Químico de Marl.

Novo contratado da Koenig & Bauer (BR) reúne experiência e juventude no campo da impressão



 Douglas Soares Guedes, executivo de vendas: “Acredito que a minha experiência em offset e digital promoverá uma boa sinergia para nossos clientes e pode impactar positivamente a Koenig & Bauer (BR).”   

O mais novo contratado da Koenig & Bauer (BR), Douglas Soares Guedes, chega para assumir o cargo de executivo de vendas. Douglas, que possui MBA em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e diversos cursos na área de impressão pelo Senai Theobaldo de Nigris, tem a missão de mesclar seu conhecimento de offset com as possibilidades criadas pela impressão digital. “Acredito que a minha experiência em offset e digital promoverá uma boa sinergia para nossos clientes e pode impactar positivamente a Koenig & Bauer (BR). Estou bem ansioso para começar!”, avisa.

Somando 17 anos de atuação no mercado brasileiro e internacional, Douglas avalia que é o momento de acompanhar as novas tendências e apresentar as melhores ferramentas. É, portanto, exatamente o mesmo pensamento da Koenig & Bauer (BR) - que trabalha concentrada no atendimento de excelência. 

“O Douglas é o novo componente de uma equipe forte que montamos. Nosso time, que já conta com profissionais competentes e com conhecimento profundo do mercado gráfico, ganha disposição e energia. É um reforço jovem, mas que a mesmo tempo tem experiência e determinação para apresentar novos projetos”, destaca Paulo Faria, diretor geral da Koenig & Bauer (BR).

Na visão de Douglas, a palavra de ordem hoje é atendimento. “É preciso entregar qualidade antes, durante e depois da venda. Nosso mercado já está bem direcionado, temos um portfólio completo e com tecnologia de ponta. O desafio agora é atuar em diferentes frentes do setor”, avalia.  

Na relação entre offset e digital, a posição da multinacional é bem clara. “As informações são transitadas rapidamente. É um mercado muito mais volátil, por isso, nossa proposta é orientar os clientes e propor um futuro comercial sólido e factível ao segmento”, avisa Douglas. 

Por isso, as soluções da Koenig & Bauer (BR) têm condições de amparar as novas tendências de produção da indústria gráfica. “A empresa passa toda a segurança e credibilidade necessárias para o mercado e vem com soluções customizadas para diferentes clientes. Agradeço a equipe da Koenig & Bauer (BR) pela oportunidade e receptividade”, conclui Douglas.  

segunda-feira, 3 de setembro de 2018

Programa Dinheiro Direto na Escola poderá ser usado na compra de livros para bibliotecas


Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei 9928/18, que prevê a destinação de, no mínimo, 3% e, no máximo, 5% dos recursos do Programa Dinheiro Direto na Escola para a compra de livros para as bibliotecas escolares. 

A medida é inserida na Lei 11.947/09, que trata do programa.

A autora do projeto é a ex-deputada Pollyana Gama (PPS-SP), suplente que estava no exercício do mandato quando apresentou a proposta.

Ela destaca que a Lei 12.244/10, que trata da universalização das bibliotecas nas instituições de ensino do País, determina que, até 2020, todas as escolas brasileiras – públicas e privadas – tenham bibliotecas escolares em funcionamento.

“No entanto, de acordo com o Censo Escolar de 2016, em um total de 183.376 escolas de educação básica, públicas e privadas, apenas 37% já possuíam bibliotecas”, observa Pollyana Gama.

“Se considerarmos apenas as instituições de ensino públicas, o número cai para 31%”, complementa.

Atualmente, o Programa Dinheiro Direto na Escola destina recursos financeiros, em caráter suplementar, a escolas públicas da educação básica estaduais, do Distrito Federal e municipais para uso em despesas de manutenção do prédio escolar e de suas instalações (hidráulicas, elétricas, sanitárias); de material didático e pedagógico; e também para realização de pequenos investimentos.

Nos últimos três anos, o programa envolveu investimentos de R$ 2,08 bilhões anuais.

A proposta será analisada, em caráter conclusivo, pelas comissões de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Na Colômbia, EFI apresentará soluções para papelão ondulado


Entre os dias 11 e 13 de setembro, a EFI exibirá as soluções de papelão ondulado aos visitantes da 38ª edição da Convenção e Exposição Internacional ACCCSA. No stand 42 da área de eventos dos Hotéis Marriot e Sheraton, em Bogotá, Colômbia, o público será recepcionado por uma equipe de especialistas da multinacional americana.

Entre os destaques, a EFI apresentará o portfólio de ponta a ponta para a indústria de Corrugados, que oferece desde softwares e front-ends digitais a tintas e sistemas de impressão jato de tinta. No stand, serão realizadas demonstrações ao vivo dos softwares Corrugated Packaging Suite e Escada System, além de exibir amostras de chapas, displays e sample books impressos na EFI Nozomi C18000.

Ao longo dos três dias de conferência, os visitantes poderão conhecer em detalhes cada uma das soluções e tirar todas as dúvidas com os executivos da EFI. Ernande Ramos, diretor de vendas para América Latina, Luis Ramirez, gerente de vendas e especialista em corrugado, Gordon Ray, diretor de embalagens, Aleks Zlatic, gerente geral de embalagens, e Jose Luis Ramon, vice-presidente e gerente geral da EFI Industrial Printing, estarão presentes.

Na agenda de apresentações do evento, os participantes ficarão por dentro de todas as novidades da EFI para o mercado de papelão ondulado durante a palestra de Ernande Ramos, que acontece no dia 11 de setembro, às 9h da manhã. Durante a apresentação, o executivo abordará a solução completa da empresa para o mercado de corrugado.

Já no dia 12, às 8h30, Jose Luiz Ramon, fará a palestra “Eficiencias para la producción del cartón corrugado - Mejores en todo el proceso de producción desde la cotización hasta la impresión digital", que terá como foco as inovações, tendências e estatísticas do setor.


Esko adquire empresa de software


A Esko anunciou a aquisição da Blue Software, LLC, uma empresa de software de gerenciamento de rótulos e artes baseada em Chicago, Illinois, EUA, da Diversis Capital e da Schawk Digital Solutions.

“Buscamos reduzir drasticamente o tempo para os produtos chegarem no mercado, os custos e os riscos que comprometem a qualidade em toda a cadeia de valor de embalagem. A aquisição da Blue melhora o conjunto único de ferramentas da Esko que permite aos brand owners e seus parceiros melhorarem como um todo,” explica Udo Panenka, Presidente da Esko.

“Nossas soluções de software e hardware digitalizam, automatizam e conectam o desenvolvimento de embalagem ao fluxo de produção, desde conceitos virtuais de design em 3D até a impressão, embalagens acabadas, displays de lojas, e imagem e conteúdo para e-commerce. Trabalhamos para melhorar a eficiência de todo este processo crítico para os brand owners e para os fornecedores da cadeia de valor de embalagem. Com esta aquisição, reforçamos a posição da Esko como uma empresa inovadora em tecnologia para a indústria de embalagem”, completa Panenka.

A combinação do software de gerenciamento de rótulos e arte da Blue com a Plataforma Esko para Marcas aprofunda o investimento da Esko nas indústrias onde a produção das embalagens é extremamente importante. “No ambiente atual de compliance e com o foco no e-commerce, onde os consumidores buscam inovação, a arte de embalagens e de rótulos continua a ser um ponto crítico para o desenvolvimento de novos produtos e para o processo de comercialização. Nossas soluções ajudam os clientes nestes desafios, agilizando o lançamento de produtos e reduzindo os custos. A união da BLUE e da Esko é um momento de transformação para a indústria de embalagem,” completa Ali Moosani, Presidente da Blue.

Como parte da Esko, a Blue passa a integrar a plataforma de empresas de Identificação de Produtos Danaher, que inclui ainda a Pantone, MediaBeacon, X-Rite, AVT, Videojet, FOBA, Linx e Laetus. Juntas, estas empresas dão suporte às indústrias de produtos embalados e seus fornecedores.

Facebook apresenta revista impressa no Reino Unido


A 'Grow' traz reportagens sobre liderança e tecnologia para executivos de empresas que são clientes da rede social, mas também está sendo distribuída em aeroportos

A publicação trimestral, que está sendo distribuída de forma gratuita em lounges de aeroportos no Reino Unido, traz reportagens sobre inovação, liderança e tecnologia.

A publicação também está sendo enviada diretamente para executivos que pagam por publicidade dentro da plataforma no país.

Em sua página na rede social, a companhia compartilha a versão digital das reportagens. A editora-chefe da publicação é Kate Maxwell, que é colaboradora da Conde Nast e ex-diretora do grupo editorial Soho House & Co.

segunda-feira, 18 de junho de 2018

Até agosto, 44 milhões de livros chegarão às escolas públicas do país


Até agosto, 44 milhões de livros chegarão às escolas públicas de todo o país, segundo estimativas dos Correios que estão responsáveis pelas entregas. A distribuição do material, que é parte do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), começou a ser feita na última quarta (13). Essa primeira remessa representa 30% do volume total previsto para atender a demanda do próximo ano.

A expectativa do Ministério da Educação é a de que, antes do início do ano letivo de 2019, 151 milhões de livros cheguem às escolas públicas, beneficiando 35 milhões de alunos. 

Enquanto nas cidades, a entrega é feita diretamente nas unidades escolares, na zona rural, os livros chegam nas prefeituras e secretarias de educação para depois serem distribuídos.

O modelo atual começou a funcionar em 2017, quando dois antigos programas do governo tiveram atividade unificadas no PNLD. Os livros didáticos são distribuídos de acordo com as projeções do censo escolar realizado dois anos antes da edição do programa.

Por Carolina Gonçalves - Agência Brasil

terça-feira, 29 de maio de 2018

As primeiras impressões da nova impressora da Xerox


A Xerox apresenta a Iridesse, uma máquina colorida de alta velocidade e seis estações, que combina impressão em quatro cores (CMYK) com até outros dois toners especiais em uma única passagem. "A Iridesse é capaz de fazer coisas que nenhuma outra impressora faz, mas é o que ela pode proporcionar aos nossos clientes, que é o mais importante. 

Criamos a impressora para produzir esses efeitos especiais e aprimoramentos digitais de maneira econômica e em um fluxo de trabalho simplificado, para que nossos clientes possam aproveitar a oportunidade de mercado e expandir seus negócios", disse Ragni Mehta, vice-presidente de Negócios em Folhas Soltas da Xerox.

Com duas estações de toners especiais, os clientes, garante a Xerox, podem criar aplicações com cores exatas, gradientes e mistos metálicos e aprimoramentos especiais. 

Os toners metálicos, ouro e prata podem ser usados sozinhos ou em camadas abaixo ou acima de CMYK para criar paletas cintilantes únicas. Uma camada de Clear toner pode ser adicionada para um toque extra de dimensão ou textura.

“A capacidade de impressão em uma única passagem da Iridesse, a automação de fluxo de trabalho para incorporar efeito metal e verniz, combinados com a tecnologia de controle de qualidade em tempo de execução, é um diferencial para a Xerox e pode oferecer aos fornecedores uma vantagem competitiva”, disse Ron Gilboa, diretor de produção da Keypoint Intelligence.

Os fluxos de trabalho pré-construídos do Xerox FreeFlow Core permitem que os fornecedores, automaticamente e seletivamente, transformem texto e gráficos para imprimir ouro e prata sem editar os documentos de origem. Isso simplifica a melhoria de aplicativos existentes com aprimoramentos e alto valor. Imprimindo em velocidades de até 120 páginas por minuto, a impressora pode produzir em papéis de 52 a 400 g/m².

A Iridesse está disponível para pedidos desde de 9 de maio de 2018.


Eldorado Brasil registra lucro de R$ 336 milhões no primeiro trimestre


A Eldorado Brasil, no primeiro trimestre, registrou uma receita líquida recorde de R$ 1,1 bilhão, 60% acima do primeiro trimestre de 2017. O resultado foi impulsionado por um forte aumento nos preços de celulose, superando em mais de 45% os valores registrados no primeiro período do ano passado.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA) foi de R$ 728 milhões, um aumento de 14% em relação ao primeiro trimestre de 2017 e sustentando uma margem de 65%, a qual mantém a Eldorado Brasil como a empresa de melhor desempenho do setor.

O lucro líquido atingiu R$ 336 milhões, quase metade do resultado de todo o ano de 2017, que foi de R$ 713 milhões. Este forte desempenho operacional da companhia fez com que sua alavancagem reduzisse em 29% na comparação entre os trimestres, chegando a 3,09x do EBITDA, o menor índice de sua história.

Para 2018 a Eldorado planeja produzir 1,7 milhão de toneladas, o que deve se confirmar a partir dos resultados alcançados no primeiro trimestre, que foram de 425 mil toneladas. Os principais mercados foram, por ordem, Ásia, Europa, América Latina e América do Norte.

Instituto International Paper anuncia nova presidente



O Instituto International Paper, que entra no seu 11º ano de atuação, anuncia Luciana Huneke como sua nova presidente. Luciana é gerente-sênior de planejamento estratégico para o negócio de papel, responsável pela América Latina e América do Norte e ingressou na empresa em 1998. Em 20 anos de IP, ocupou diversas posições nas áreas de planejamento, estratégias comerciais, exportação e finanças.

Formada em Administração de Empresas pela Pontifícia Universidade de Campinas (PUC), Luciana também é titular de um MBA em Marketing pela ESPM, com cursos específicos em finanças pelo INSPER.

“É uma grande honra e responsabilidade dar continuidade às iniciativas do IIP. A International Paper tem orgulho de contribuir para o desenvolvimento das comunidades ao redor de suas unidades e construir um legado sustentável para as futuras gerações. O IIP é referência nessa atuação e reflete a missão, a visão e os valores da companhia”, comenta Luciana Huneke.

O Instituto International Paper possui 11 programas voltados à educação, capacitação profissional e geração de renda para as comunidades das regiões em que a International Paper atua. Em 10 anos, já beneficiou diretamente 269 mil pessoas atendidas em projetos fixos ou itinerantes em 47 cidades brasileiras.

Clientes brasileiros participam do Packaging Day, na Heidelberg Alemanha


Jordi Giraldt, Heidelberg Alemanha; Alexandre Vay, diretor da Rainha Lescal/RJ; Alexandre Machado, gerente de vendas Heidelberg Brasil; Michio Kawasaki, diretor da Kawagraf Embalagens; Sidney Anversa Victor, diretor da Congraf e Ludwig Allgoewer, presidente da Heidelberg do Brasil

Em 16 de maio, a Heidelberg promoveu, na Alemanha, o Packaging Day, tradicional evento dedicado aos clientes de embalagem. O encontro deste ano teve como título Think Out Of The BOX (pense fora da Caixa), e proporcionou aos clientes entrar em contato com a gama completa de produtos para o segmento oferecida pela Heidelberg, como a integração ao fluxo de trabalho Prinect e a combinação da inovadora tecnologia offset e da impressora Primefire106, a nova solução digital para impressão de embalagens.

Como parte do Packaging Day, os clientes brasileiros visitaram a gráfica Collordruck, onde puderam assistir, ao vivo, demonstrações sobre os equipamentos da Heidelberg para o mercado de embalagem. Michio Kawasaki, da Kawagraf, declarou: “foi tudo perfeito, atendimento nota 10, evento muito prático e bem produtivo. Na visita a Collordruck, o que mais me impressionou foi a automação”.

Já Alexandre Vay, da Rainha Lescal, do Rio de Janeiro, disse: “na Alemanha, foram apresentados assuntos de relevância para a área gráfica de embalagem, assim como foi muito interessante a visita feita a Collordruck”.

AlphaGraphics Bela Vista investe para flexibilizar a produção em baixas tiragens



Com 17 anos de experiência de mercado, a AlphaGraphics Bela Vista presta serviços para os mercados editorial, promocional, impressão offset, comunicação visual, entre outros. “Durante essa diversificação, sempre procuramos os parceiros tecnólogos que, no momento, poderiam nos atender melhor. E há dois anos começamos a investir em Konica Minolta justamente porque foi a marca que, nos últimos anos, tem estado à frente nas inovações tecnológicas para impressão digital”, fala Paulo Hideo Kikuchi, sócio-proprietário da AlphaGraphics Bela Vista.

Após investir em dois modelos Konica Minolta (bizhub PRESS 1250P e bizhub PRESS C1100), agora, a AlphaGraphics Bela Vista anunciou a chegada de um novo modelo: a impressora AccurioPRESS C6100. “A Konica Minolta tem inovado onde as demais fabricantes pararam. Por exemplo, investimos no modelo P&B bizhub PRESS 1250 devido à possibilidade de imprimir em couché em alta resolução com o toner Simitri HD, algo que, há três anos, era um desafio para impressoras digitais. Também investimos na AccurioPRESS C6100 devido às qualidade e à tecnologia inovadora de impressão em formato mini-banner (33x76 cm) frente e verso automático”, destaca Rogério Alves, também sócio-proprietário da unidade Bela Vista.

"A impressora oferece a possibilidade de imprimir em papéis de até 400g/m2, o que abre um leque novo de aplicações, como produção de folders e capas", acrescentou Ricardo Assunção, terceiro sócio-proprietário da Alphagraphics Bela Vista.

Segunda edição do Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica terá foco em embalagem



Com bons índices de crescimento e fundamental para a sociedade, a embalagem está no centro da discussão da segunda edição do Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica, iniciativa da ABTG (Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica) em parceria com a APS Marketing de Eventos. O Congresso ocorre no dia 23 de agosto, das 8h às 18h, no Espaço Milenium, em São Paulo.

Especialistas do Brasil e do exterior tratam dos aspectos da produção da embalagem: a relação com o meio ambiente, o uso como ferramenta estratégica de marketing, inovações tecnológicas, integração de diferentes processos de impressão, como as gráficas estão se preparando para atender às atuais demandas dos donos de marca, dentre outros assuntos.
De acordo com os organizadores, o objetivo desta edição é atrair um público  maior e mais diversificado, indo além dos empresários gráficos e de conversão e atingindo também compradores de embalagem (Brand Owners) e profissionais e estudantes da área de design.

Por conta de sua importância dentro da sociedade, o mercado de embalagem segue registrando resultados positivos. Porém, os fabricantes e designers de embalagens têm que se preparar para novos desafios, alerta Manoel Manteigas de Oliveira, diretor técnico da ABTG. “Certamente um desses desafios é tornar as embalagens mais amigáveis ao meio-ambiente. As embalagens devem ser, tanto quanto possível, reutilizáveis, recicláveis e biodegradáveis. Além de proteger e identificar os produtos, muitas embalagens devem cumprir papel decisivo no marketing dos produtos”.

Outro aspecto relevante, cita Francisco Veloso Filho, presidente da ABTG, é a constante busca das empresas por redução de custos e aumento de produtividade. “Avanços tecnológicos em equipamentos, materiais, ferramentas para integração da produção e outros devem estar a serviço dessas demandas”. No Congresso Internacional de Tecnologia Gráfica, serão apresentados conceitos que visam uma produção altamente tecnológica, que prime pela eficiência e flexibilidade, sempre ligada à sustentabilidade. Em breve, serão divulgadas a programação completa e as inscrições”, observa Veloso.

quarta-feira, 23 de maio de 2018

EFI oferece desconto de 400 dólares no Connect para inscrições feitas até 30 de junho


Até o final do mês de junho, profissionais do setor de impressão digital de todo o mundo poderão realizar suas inscrições para o EFI Connect 2019 e garantir 400 dólares de desconto, totalizando no valor de US$ 999. 

Para fazer o registro, cada participante deve entrar no site da EFI - http://www.efi.com/connect/registration/. 

Após este período, os descontos diminuirão gradativamente até a data do evento, que acontece entre os dias 22 e 25 de janeiro de 2019.

Adobe nomeia Darío Llorente como head de canais para América Latina



A Adobe anuncia Darío Llorente como head de canais para América Latina. A chegada de Llorente é uma estratégia da companhia para fortalecer a região e consolidar o posicionamento e a participação da Adobe na América Latina dentro das verticais do negócio de canal: comercial, educacional e governamental.

Llorente retorna à Adobe onde atuou anteriormente por um período de oito anos como head de vendas via o canal. 

“Damos as boas-vindas de volta ao Darío Llorente dentro da Adobe. Tiraremos o melhor proveito do conhecimento dele à medida em que buscamos continuar crescendo na América Latina e dentro da corporação, executando nossa estratégia de transformar as experiências de nossos clientes e parceiros e a maneira como eles competem”, afirma Steven Oliveri, diretor da Adobe para as Américas.

Walter Schalka, Presidente da Suzano Papel e Celulose, é eleito CEO do ano pela RISI



Walter Schalka, Presidente da Suzano Papel e Celulose, foi indicado pelo quarto ano consecutivo como o melhor CEO da indústria de papel e celulose da América Latina. O prêmio foi concedido pela RISI. Os participantes da pesquisa, grupo formado por analistas e especialistas da indústria de papel e celulose, indicaram Schalka pela maneira como o executivo comanda a Suzano.

“Este é um prêmio de todos os mais de 8.000 colaboradores da Suzano. O ano de 2017 representou um período muito especial na história da empresa, marcado por uma trajetória de crescimento e de preparação para o futuro. Reportamos recorde de geração de caixa operacional, queda consistente em nossa alavancagem, concluímos projetos importantes em nossas linhas de produção, ingressamos no mercado brasileiro de tissue, conquistamos o grau de investimento pela Fitch e ainda ingressamos no Novo Mercado”, exemplificou Schalka.

A entrega do prêmio acontecerá no dia 14 de agosto, durante a Conferência da América Latina da RISI, que ocorre entre 13 e 15 de agosto, no Hotel Renaissance, em São Paulo. O evento contará com palestras de líderes, especialistas da indústria e economistas da RISI, que apresentarão tendências e desafios do setor.

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Gráfica Rex (RS) amplia participação no setor de embalagens

esq.p/dir. José Luiz Lermen, diretor geral da Rex Embalagens; Paulo Faria, diretor geral da Koenig & Bauer Brasil e Sílio Rodrigues, suprimentos e relacionamento com clientes da Rex Embalagens     


Com foco na impressão de embalagens para autopeças, gráfica gaúcha coloca em ação a terceira impressora da Koenig & Bauer

Como a mais antiga fabricante de impressoras do mundo, a Koenig & Bauer tem a confiança como ponto de partida em qualquer negociação. Recentemente, a fabricante alemã apresentou, pela primeira vez no Brasil, a versão Rápida 75PRO -5 + L. A impressora, garante a Koenig & Bauer, está pronta para competir nas tiragens curtas com a impressão digital além da forte disposição para atender a demanda de embalagens.

Estes diferenciais chamaram a atenção da Rex Embalagens, de Nova Candelária (RS). Especializada no setor de embalagens, com amplo know-how no segmento de autopeças, a gráfica, que já contava com duas impressoras da Koenig & Bauer, decidiu investir na Rapida 75 PRO. José Luiz Lermen, diretor geral da Gráfica Rex, ressalta que um dos diferenciais da impressora é a sua robustez: “É uma máquina forte, prática e fácil de operar. 


O desacoplamento das rolarias também é fundamental para a redução de custos uma vez que nem todos os trabalhos exigem operação completa”, observa. 

Ao investir na Rapida 75 PRO, Lermen direciona a Rex Embalagens a conquistar novos nichos dentro do próprio setor de embalagens. “Identificamos que há muitos itens com pequenos volumes e a máquina está configurada para produzir pequenas tiragens com o setup mais rápido do Brasil”, ressalta o diretor geral.    

Não é a toa que a Koenig & Bauer está a mais de 200 anos na vanguarda do mercado de impressão. “Os clientes ajudam a estabelecer critérios e incentivam a Koenig & Bauer a oferecer os melhores produtos e serviços. O desafio é atender rapidamente as demandas de um mercado em constante evolução”, fala Paulo Faria, diretor geral da Koenig & Bauer Brasil.

terça-feira, 15 de maio de 2018

Na Fespa 2018, Agfa Graphics mostra a sua maior impressora híbrida


Em Berlim, durante a Fespa Global Print Expo - evento que acontece de 15 a 18 de maio -, a Agfa Graphics apresenta a Jeti Tauro H3300 LED -  máquina industrial jato de tinta LED ultravioleta híbrida. O lançamento é encarado pela fabricante como o novo padrão “extremo” em produtividade e qualidade de impressão.

“Com a Jeti Tauro H3300 LED, oferecemos o nível mais alto possível de qualidade e produtividade, graças à nova mesa de vácuo e ao design da correia a vácuo, patenteado pela Agfa, que mantêm as mídias de impressão perfeitamente planas no carro de impressão, garantindo o posicionamento preciso dos pontos e o transporte correto das mídias”, Reinhilde Alaert, gerente de marketing de produtos de sinalização e displays da Agfa Graphics.

“Quem opta pela automação poderá desfrutar do carregamento e descarregamento totalmente automatizado para até quatro chapas, o que reduz o tempo ocioso e aumenta ainda mais a eficiência da produção. Os LEDs são duráveis: eles geram uma produção de luz consistente ao longo de sua vida útil de aproximadamente 10 mil horas”, detalha Reinhilde Alaert.

O lançamento é capaz de produzir impressões notáveis em mídias de até 3,3 m de largura e com velocidades de até 453 m2/h.

“Temos certeza de que nossas máquinas podem lidar com todas as possíveis demandas dos clientes, e é por isso que colocamos inúmeras aplicações impressas reais e de alta qualidade no centro das atenções. Elas demonstram o potencial único dos nossos produtos com o intuito de ensinar e inspirar os provedores de serviços de impressão que buscam causar fortes impressões perante os clientes. Os visitantes poderão conhecer nossas máquinas mais recentes, inclusive a novíssima Jeti Tauro H3300 LED, em um ambiente operacional virtual baseado em telas sensíveis ao toque e óculos de realidade virtual”, explica Kristof Van Cleemput, gerente global de comunicações da Agfa Graphics.

A Agfa Graphics está presente no salão 1.1, estande A57

Câmara setorial da indústria gráfica tem novo nome


O nome da Câmara Setorial de Máquinas e Equipamentos Gráficos (CSMEG) - da Associação Brasileira de Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) -, foi alterado para para Câmara Setorial de Máquinas e Equipamentos para Gravação, Impressão, Acabamento e Conversão.

Ricardo Augusto Lie, presidente da CSMEG, diz que a mudança na nomenclatura da câmara vem de encontro com a evolução do segmento nos últimos anos. “A modificação é também reflexo do atual perfil dos nossos associados, que já aplicam as tecnologias de impressão em máquinas que servem indústrias cada vez mais diversificadas, muito além da indústria gráfica tradicional”.

Lie explica que a alteração vem de encontro com a ampliação do escopo de atuação e para reposicionar a câmara dentro da indústria gráfica. “O intuito foi demonstrar com clareza a visão que temos de um futuro promissor para os fabricantes de máquinas ao inserirem neste novo mundo de possibilidades para as tecnologias de impressão”, avisa.